Onde morar?

Essa é uma pergunta que nós mesmas estamos nos fazendo. Mesmo depois de trocar uns 200 e-mails, não conseguimos decidir nada.

Paris é dividida em 20 arrondissements, estes estão distribuídos de acordo com uma espiral que se desenvolve no sentido dos ponteiros do relógio a partir do centro do mapa, onde fica o Louvre. Quando nós fomos para lá, ficamos em um apê charmosinho em Le Marais, que fica entre o 3 e o 4. Muito perto do Louvre, da Bastilha e no mesmo bairro do Pompidou.

Não vou mentir, nossa vontade era ficar por lá mesmo, mas não é o lugar mais barato.

Boatos diziam que morar em Monmartre (18 arrondissement) era relativamente barato, por ser um lugar mais afastado e “longe” de tudo. Nossas pesquisas dizem que isso é mentira. Esse é o lugar onde filmes como Moulin Rouge e O Fabuloso Destino de Amelie Poulain foram rodados, com essas e outras referências cinematográficas o bairro passa a ser muito procurando, portanto, caro!

Outra opção que chegamos a pensar foi morar fora de Paris, na periferia mesmo. Alguns lugares dizendo que é maravilhoso, outros dizem que é realmente muito perigoso, sem contar que já cansamos de ver na TV e ler nos sites e jornais da vida que é MESMO perigoso. Como não somos de lá e não queremos correr o risco, essa é uma possibilidade que para nós está cancelada.

Estamos procurando apes em alguns sites, Paris Apartment e Lodgis, por exemplo.

Nossa busca por um lar ainda é longa, vamos ver no que vai dar!

Maaaas, já que eu falei de filmes, vou aproveitar e recomendar um bem fofinho que assisti recentemente e que também é filmado em Monmartre.

O Pequeno Nicolau (Le Petit Nicolas) mostra a história de um pequeno francês que entende, por engano, que vai ganhar uma irmãzinha.  O desespero toma conta, pois ele acredita que será abandonado quando a nova integrante da família chegar.