O Famoso Cassoulet

Para quem nunca teve blog, é possível saber quantas pessoas o acessam diariamente e como vieram parar aqui. Por exemplo, muitas pessoas (muitas mesmo) chegam ao Oxford Furado buscando “Cassoulet” no Google. O que na verdade é uma balela, porque a palavra foi apenas citada uma única vez e não dava nenhuma informação útil.

Para acabar com a decepção dos que entram aqui buscando uma receita deliciosa, eu resolvi fazer um post inteiro para este prato típico francês!

Se você acredita que a feijoada é um super prato típico brasileiro, você está enganado. A nossa feijoada nada mais é do que uma adaptação do Cassoulet. Originalmente o prato é feito com feijão branco, confit de pato, de ganso e mais um monte de outras coisas que são complicadas de se encontrar na terrinha. Na França você pode encontrar até Cassoulet em lata. Sei lá se é bom, ano que vem eu provo e conto pra vocês.

Como eu não sou uma ótima cozinheira e nunca nem tentei ir além do meu feijãozinho da semana, encontrei um vídeo do falecido programa “Menu Confiança” da GNT. O chef francês Claude Troisgros ensina a receita e de quebra você fica sabendo qual o melhor vinho para acompanhar a refeição.

Espero que tenha sido útil. Quem sabe qualquer dia eu me aventura com essa receita também. NOT.

Primeiros passos

Estamos bem ausentes do blog, mas a vida não está fácil para ninguém. Apesar disso, não poderíamos deixar de registrar o primeiro grande passo para os estudos na França, que será dado ainda nesta semana.

Vamos, finalmente, nos inscrever no curso de francês (antes era cedo demais, diziam as escolas), na Aliança Francesa. Depois, é só começar a preencher a papelada da Campus France e torcer pra dar tudo certo com o visto.

O curso está programado 18 de junho de 2012, mas o consulado costuma deixar a validade do visto começando pelo menos com uma semana de antecedência – vai um pouco da sorte, já vi gente falando que chegou na França um ou dois dias antes do curso.

Como na Aliança os valores são absurdos, depois vamos trocar pela Campus Langues, uma das escolas mais baratas que encontramos em Paris.

Dica

Para quem procura informações práticas sobre a vida na França, recomendo a comunidade Brasileiros na França, do Orkut (é, ele ainda existe). Os membros são bem atenciosos e costumam tirar dúvidas sobre diversos assuntos.